Warning: Division by zero in /home/ft8co671/public_html/templates/ajt005_j30/functions.php on line 31

Compras, sim; dor de cabeça, não

Imprimir
Categoria: Assuntos variados Escrito por FT8 - O Canal 8 de notícias.
Bookmark and Share

Confira alguns cuidados que o consumidor deve ter ao ir às compras.

Cheque, dinheiro, cartões de crédito ou débito? Qual é o melhor meio de pagamento para viabilizar essas despesas? Quais os cuidados para garantir a segurança das transações e ainda não entrar no vermelho?

 Segundo Aline Rabelo, coordenadora do Investmania, se o consumidor decidir pagar as suas compras com o cheque, ele deve tomar alguns cuidados como: não preencher o cheque com uma caneta de outra pessoa e optar sempre pela cor azul ou preta. Outras dicas são procurar completar todos os espaços em branco, cruzar a folha utilizada e sempre colocar o nome do favorecido. “Também é importante levar apenas as folhas que se pretende utilizar. A visão de um talão de cheques novinho pode trazer uma sensação de riqueza momentânea e isso pode acelerar o processo de consumo por impulso, o que é péssimo para as finanças pessoais. E, se possível, fuja do pré-datado! Por ser um acordo tácito, ele pode ser depositado a qualquer momento, inclusive naquele em que não há saldo na conta para cobri-lo”, alerta.

 Já se a escolha for realizar o pagamento por meio de um cartão de crédito ou débito, é importante nunca deixar o plástico sair do seu campo de visão, digitar a senha de forma que ninguém a veja e verificar se ao fazer isso os números não estão sendo apresentados no visor da máquina utilizada pelo lojista. ”Além de se preocupar com a segurança da operação, comportamento que pode evitar fraudes, no caso do cartão de crédito, principalmente, é imprescindível o uso da razão. Pergunte-se: terei o dinheiro para pagar integralmente o valor da fatura? Se a resposta for não, desista da compra imediatamente, pois entrar no crédito rotativo é extremamente desaconselhável, devido às altas taxas de juros que incidem sobre este tipo de financiamento”, explica.

 Aline lembra ainda que muitas pessoas optam por efetuar as suas compras pela internet e, neste caso, é essencial se certificar de que o site escolhido seja realmente seguro. “É muito importante ter a certeza de que você está acessando um ambiente virtual confiável. Nesse sentido, procure comprar em sites conhecidos. Como a maioria das compras via e-commerce são pagas com cartão de crédito, ficar atento dificulta a clonagem do plástico”, observa.

 A executiva acredita que adotando todas estas precauções, o consumidor consegue agradar os seus familiares e amigos, se divertir e ainda começar o ano sem stress e, principalmente, com o orçamento no azul. “Tudo é uma questão de disciplina. Não adianta querer gastar mais do que se tem, a cobrança irá chegar e todo o prazer acumulado nesta época do ano dará espaço para preocupações”, pondera a coordenadora do Investmania.