Warning: Division by zero in /home/ft8co671/public_html/templates/ajt005_j30/functions.php on line 31

Sereias existem?

Imprimir
Categoria: Mistérios da Humanidade Escrito por FT8 - O Canal 8 de notícias.
Bookmark and Share

A reação foi quase imediata. Quando o documentário “Mermaids: The Body Found" (Sereias na tradução livre) do Animal Planet foi ao ar muita gente questionou a possibilidade ou não da existência de humanoides marinhos.

As velhas histórias de pescador vieram à tona e que não faltou foi gente criticando categoricamente a atração.  

De fato o documentário foi muito bem elaborado, traz a tona uma serie de perguntas e questiona se os mitos antigos ligados às profundezas marítimas não teriam um fundo verdadeiro.

Além da opinião de “misteriosos” cientistas, o documentário levanta uma perspectiva evolucionista, ventilando a possibilidade um grupo de humanoides, ancestrais dos seres humanos, terem migrando para águas oceânicas e lá se desenvolvido ao invés de migrarem para o interior das terras continentais, como fizeram nossos parentes distantes. Dessa forma, este grupo “desgarrado” teria adquirindo a adaptação necessária para sobreviver no fundo do mar.

A teoria, apesar de marginal, no papel é possível, já que grandes mamíferos como golfinhos e baleias teriam tido um salto evolutivo no mesmo sentido(da terra para o mar). O mesmo processo estaria em andamento com simpático Urso Polar, que ao que tudo indica, tem desenvolvido espantosas adaptações aquáticas.

 

Além da base teórica peculiar, e ao mesmo tempo sólida, o documentário exibe uma serie de casos supostamente reais, que confirmariam a existência desses seres: reunindo desde relatos de pescadores treinados, a misteriosas imagens capturadas e depoimentos de cientistas especialistas em assuntos “oceânicos”.

Mas apesar da teoria ser bastante plausível, mesmo que consideramos que todos os achados revelados são verdadeiros e que tudo esteja sendo encoberto por “autoridades”; o documentário tem um enorme “furo”; presta-se a convencer não sobre a existência de seres humanoides vivendo em águas profundas, mas de que os mesmos são dotados de inteligência superior e capacidade simbólica plena tal como o humano moderno.  Acontece que se sabe atualmente que nem todos os humanoides foram capazes de desenvolver uma cultura tão sofisticada como nossos parentes homo sapiens, e tem se conhecimento também, que uma serie de acontecimentos e fatores externos foram essenciais para o desenvolvimento dos seres humanos modernos, logo alguns arpões misteriosos perfurados em peixes e aspecto físico semelhante a um de um humano não são suficientes para se afirmar a existência de uma vida inteligente no fundo do mar. Para que uma afirmação desse peso possa ser feita, é necessário um achado muito maior dos que exibidos no documentário, como talvez uma cidade habitada nas profundezas do oceano.