O Documentário Proibido da Disney Sobre Alienígenas

Categoria: Ufologia Escrito por FT8 - O Canal 8 de notícias.
Bookmark and Share

Uma revelação sobre os segredos por trás da vida extraterrestre? Um documentário revelador? Uma grande farsa ou brincadeira? Ou simplesmente uma genial jogada de marketing para a época?

 Várias são as perguntas que giram em torno da aura de mistério do documentário sobre UFOS produzido pelos estúdios Walt Disney.

Considerado(por muitos) “perdido” em algum arquivo, ele reapareceu no Youtube e foi replicado em diversos canais e traduzido para várias línguas. Mas, o que era para ser um “resgate cinematográfico” proporcionado pela internet, se tornou o centro de um grande polêmica.  

Tudo isso por causa de dois fatos estranhos:

1 - O documentário foi exibido uma única vez em 1995 para um grupo restrito de cidades americanas . 

2 - A Disney não tem o costume produzir esse tipo de conteúdo e adotou um discurso no mínimo incomum.

A produção é realmente interessante e adota um tom incomum se comparado a outros documentários do mesmo gênero produzidos por grandes estúdios.

Ao falar sobre o fenômeno OVNIS e Alienígenas o filme chega a insinuar que o governo norte-americano estaria tentando ocultar uma sombria verdade da população que será revelada de qualquer forma em um futuro próximo. Chama atenção o fato, de hora alguma, a película questionar a existência de vida extraterrestre; e ainda, adotar uma postura “crente” em relação ao fenômeno OVNIS.

Porém, toda essa aparência de "revelação", vem acompanhada do anúncio “insistente” de uma nova atração na Disneylândia o “Alien Encounters de New Tomorrowland”. 

o “Alien Encounters de New Tomorrowland", que já não existe mais, tinha o objetivo de simular como seria um encontro real entre seres humanos e alienígenas.

Teorias a parte, vale conferir a obra que está disponível gratuitamente. 

 

Links alternativos:

https://www.youtube.com/watch?v=ygtVD56fh8g

http://ok.ru/video/8856536467

 

Tags: Ufologia , Mistérios , OVNIS , UFOS , Aliens