Warning: Division by zero in /home/ft8co671/public_html/templates/ajt005_j30/functions.php on line 31

Portal facilita o contato entre artesãos brasileiros e compradores internacionais

Imprimir
Categoria: Pela Rede Escrito por FT8 - O Canal 8 de notícias.
Bookmark and Share

A Associação Brasileira de Exportação de Artesanato (Abexa) transformou o seu site – www.abexa.org.br – em uma ferramenta para a promoção do artesanato brasileiro no mercado internacional, sobretudo, nos Estados Unidos, onde a arte popular do Brasil encontra grande aprovação, com diversas oportunidades de negócios.

Artesãos se inscrevem no site e, se aprovados, têm seus produtos divulgados gratuitamente, com fotos e informações sobre as peças, e direito à consultoria e apoio nas operações de exportação. Ao visitar o site, o comprador tem todas as informações necessárias para fazer contato direto com o artesão e, caso não encontre o produto desejado, a Abexa se responsabiliza por indicar a ele onde buscar a peça no mercado brasileiro. Todas as informações do site estão disponíveis em dois idiomas – português e inglês.

Criado para cobrir a lacuna de mercado deixada pela decisão da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil), de não mais apoiar a promoção comercial externa do artesão brasileiro, o site tem tido cada dia mais acessos e adesão de artesãos e artistas. São mais de 15 mil acessos mensais, graças a uma gratuidade do Google Adwords, que permite à Abexa realizar o correspondente a U$ 10 mil mensais em propaganda, além de um e-marketing internacional realizado com 2 mil compradores da Europa e Estados Unidos cadastrados pela entidade.

A presidente da Abexa, Tânia Machado, explica que, no site, artesãos e artistas brasileiros, além de divulgarem seus produtos e casos de sucesso, de forma gratuita, podem ter acesso a tradings, comercial exportadoras e despachantes aduaneiros. Na plataforma, há ainda uma vasta biblioteca sobre o tema de exportação. “A Abexaconta ainda com uma gama de mentores voluntários que se dispõem a dar consultorias gratuitas para os inscritos no site”, acrescenta.

Ela informa que, apesar de não ter nenhuma participação nas vendas, a Abexa, a partir de agora, passará a acompanhar as comunicações entre ofertantes e demandantes, se colocando à disposição para solucionar pendências que, porventura, possam ocorrer.  Para ela, outro ponto forte do site é divulgar o Brasil. “Para o comprador internacional, saber a origem dos produtos agrega valor à sua venda e, assim, a Abexa faz também esse papel de fazer o Brasil mais conhecido, além do eixo Rio – São Paulo – Brasília”, diz.

Fonte:  Abexa

 

Tags: Artesanato

Confira Também