Warning: Division by zero in /home/ft8co671/public_html/templates/ajt005_j30/functions.php on line 31

Mulheres empreendedoras dominam o Mercado Erótico no Brasil

Imprimir
Categoria: Famosas Escrito por FT8 - O Canal 8 de notícias.
Bookmark and Share

Segmento detém maior número de mulheres que investem no mercado.

 

 
 

O comércio de produtos eróticos no Brasil cresceu 18% em 2013, na comparação com o ano anterior. Segundo a ABEME(Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico e Sensual), o país possui mais de 40 fabricantes, 50 distribuidores e 10 mil pontos de venda entre sex shops, lojas de lingerie, lojas virtuais e outros estabelecimentos que oferecem produtos sensuais. A Associação do setor, assim como a maior parte de empresários brasileiros neste mercado, é dirigida por mulheres. Paula Aguiar, presidente da ABEME, começou a se envolver com o mercado por volta do ano 2000. Depois de trabalhar em várias empresas do setor, ela fez o primeiro catálogo sensual do Brasil, que vendia produtos como um catálogo de cosméticos. Tornou-se escritora e até hoje foram 12 livros publicados sobre mercado, gestão, marketing e produtos. Atualmente, faz pós-graduação em Terapia Sexual e presta consultoria para quem quer ingressar no mercado erótico. www.abeme.com.br

 

 A empresária Alessandra Seitz é exemplo de empreendedores que faturam com este mercado. Ela é fundadora da INTT Cosméticos,fabricante de produtos eróticos que tem foco em qualidade não só no conteúdo, mas também nas embalagens. A INTT atente todo o Brasil, exporta para todos os países do Mercosul e em breve terá distribuidores também na Europa.

 

O negócio existe há oito anos e, atualmente, são mais de 400 produtos eróticos sendo fabricados e pensados especialmente para atender à demanda e o crescimento do mercado. A INTT Cosméticos trabalha com ativos que garantem a funcionalidade de seus artigos. Em 2013 a empresa foi premiada na embalagem Airless 90gr, sendo o primeiro produto da categoria a permitir que os consumidores aproveitem 100% do conteúdo e, por não conterem ar, estão livres de qualquer contaminação ou oxidação.

 

“A marca surgiu com o intuito de fazer o mercado sensual ter uma apresentação mais confiável desde sua embalagem, passando segurança e confiança nos produtos que usamos na nossa intimidade”, conta a empresária. Em 2014, deve haver um crescimento ainda mais expressivo da empresa, com previsão de duplicar o faturamento atual.

Alessandra é formada em Administração de Empresas e possui MBA. Antes de fundar a INTT Cosméticos Sensuais, trabalhou no mercado de embalagens, de onde encontrou inspiração para empreender. “O que de fato me inspirou foi a paixão por cosméticos e, como venho do mercado de embalagens e sempre atuei em todos os desenvolvimentos com grandes empresas, sempre me encantei ao acompanhar todo os processo de produção. Desde o momento em que se pensa num produto até a concretização”, explica. www.lojaintt.com.br

 

 Eliane Said é uma carioca de 52 anos, que mora em Nova York há 13 anos. A executiva tinha uma distribuidora de lingerie quando foi convidada a assumir o cargo de Diretora de Vendas e Marketing da empresa sueca LELO, líder no mercado mundial de luxo. Atualmente ela ajuda a empresa a desenvolver pesquisas sobre o comportamento sexual dos clientes.

 

Numa dessas pesquisas, Said descobriu que 64% das mulheres entrevistadas diziam não atingir o orgasmo. “Quanto mais madura a mulher, mais consciente de seu corpo e com vontade de explorar a sexualidade ela fica”, declara. Presente no Brasil há três anos, a LELO é a marca mais premiada em qualidade e design no mundo, ganhando inclusive prêmio em Cannes. www.lelo.com

Tags: Erotismo